[ANSOL-geral]OO.o vs StarOffice

Vitor Domingos vitor.domingos arroba cgd.pt
Mon Jul 21 15:25:06 2003


Viva.

Rui Miguel Seabra wrote:
> Surgiu no Gildot um artigo que anuncia incluir <<o licenciamento
> gratuito do pacote de aplicações profissionais StarOffice 6.0=
 e
> disponibilização do OpenOffice.org - o pacote de aplicaç=
ões de software
> livre em que se baseia o StarOffice, às Universidades, Institutos
> Superiores e Politécnicos abrangidos pela iniciativa e-U,
> para utilização exclusiva dos estudantes, pessoal docente e f=
uncionários
> nos sistemas informáticos destas entidades e nos computadores pess=
oais
> dos estudantes e professores.>>
> 
> Pergunto-me porque seria necessário um protocolo para disponibiliz=
ar
> o OpenOffice.org quando a sua licença permite a redistribuiç=
o, e porque
> seria de utilização exclusiva?
> 

Este acordo assenta em duas partes:
- StarOffice 6.0
- OpenOffice.org

Na parte que nos toca (OOo), o acordo serviu para oficializar o apoio 
dado pela UMIC à distribuição do mesmo nas escolas.
Relembro, distribuir oficialmente e por protocolo os dois pacotes de 
aplicações de escritório no âmbito do e-U.

A questão aqui não está no facto do OOo ser gratuito, permitir a sua 
distribuição ou ser incluido em quase todas as distribuições, ou tão 
pouco estar disponivel mediante aquisição de algumas revistas nacionais, 
mas sim no facto de esta iniciativa achar por bem divulgar e fomentar o 
seu uso.

A Sun, neste protocolo foi o grande impulsionador, já que o StarOffice 
será a aplicação principal (só a versão 6.0), não só pelo suporte dado, 
mas também pela larga documentação existente. O OpenOffice.org irá 
continuar a ser o motor do StarOffice (caso ainda não tenham reparado, o 
StarOffice é "Powered by OpenOffice.org").

> Bom, presumo que se esteja a referir a que o licenciamento gratuito do
> proprietário StarOffice seja definido por protocolo e que se desti=
ne
> exclusivamente para as entidades indicadas, mas porquê acrescentar=

> confusão?
> 

Como o próprio texto o bem indica e passo a citar :
"licenciamento gratuito do pacote de aplicações profissionais StarOffice 
6.0 e disponibilização do OpenOffice.org"

Assim, e caindo no erro de me repetir, o acordo serviu para o 
licenciamento gratuito do StarOffice e *distribuição do OpenOffice.org*.

Espero que desta forma, possa esclarecer eventuais confusões.

> Não é claro quem é previlegiado se o proprietário S=
tarOffice (quando
> será que a Sun desiste desta versão bastarda?) ou o OpenOffic=
e.org.
> 

Para nós - OpenOffice.org - os beneficiários são sem dúvida o 
OpenOffice.org e Sun Microsystems. O último porque disponibiliza um 
produto a uma comunidade, o segundo (por já estar nessa comunidade) será 
  certamente mais divulgado - que impulsionará o seu uso, colmatará 
eventuais bugs e novas funcionalidades poderão ser acrescentadas.

> Contudo, penso que têm formatos de ficheiro iguais, pelo que as pe=
ssoas
> não terão dificuldade em se livrar do StarOffice que por azar=
 lhes
> apareça em casa, substituindo-o pelo OO.o.
> 

O StarOffice é sem dúvida a aplicação de produtividade para grandes 
empresas que necessitam de suporte e de ajuda. O OpenOffice.org está 
mais vocacionado para os utilizadores que necessitam apenas de fazer o 
seu trabalho sem grandes complicações. O OpenOffice.org vê com bons 
olhos a existência destas duas aplicações.

Cumprimentos,
Vitor Domingos