[ANSOL-geral] Re: Digest Ansol-geral, volume 38, assunto 7

Humaneasy Consulting humaneasy gmail.com
Quarta-Feira, 31 de Janeiro de 2007 - 16:50:25 WET


Ê pá! E as cervejolas :-)
Isto não era sobre fazer encontros à Lá Porto?

1,
Lopo

Em 31/01/07, ansol-geral-request  listas.ansol.org <
ansol-geral-request  listas.ansol.org> escreveu:
>
> Enviar mensagens de Ansol-geral para
>         ansol-geral  listas.ansol.org
>
> Para se inscrever ou para anular a sua inscrição via web, visite o
> endereço
>         http://listas.ansol.org/mailman/listinfo/ansol-geral
> ou envie uma mensagem de email com a palavra 'help' no assunto ou no
> corpo da mensagem para
>         ansol-geral-request  listas.ansol.org
>
> Pode entrar em contacto com a pessoa que gere a lista através do
> endereço
>         ansol-geral-owner  listas.ansol.org
>
> Quando responder, por favor edite sua linha de assunto de forma a ela
> ser mais específica do que "Re: Contents of Ansol-geral digest..."
>
>
> Tópicos de Hoje:
>
>    1. Re:  Chegando agora e: "Código    Aberto" ou      "Software Livre"?
>       (Jaime E. Villate)
>    2. Re:  Chegando agora e: "Código    Aberto" ou      "Software Livre"?
>       (Jaime E. Villate)
>    3. Re:  Chegando agora e: ?rto" ou  "Software Livre"? (Carlos Patr√£o)
>    4.  Vista oferece mercados críticos  ao software     livre
>       (Jo√£o Miguel Neves)
>    5. Re:  A ANSOL e o DRM (Marcos Daniel Marado Torres)
>    6. Re:  Chegando agora e: ?rto " ou  "Software Livre"?
>       (André Isidoro Fernandes Esteves)
>
>
>
> ---------- Mensagem encaminhada ----------
> From: "Jaime E. Villate" <villate  fe.up.pt>
> To: Rui Miguel Silva Seabra <rms  1407.org>
> Date: Tue, 30 Jan 2007 10:33:09 +0000
> Subject: Re: [ANSOL-geral] Chegando agora e: "Código Aberto" ou "Software
> Livre"?
> Viva,
> só após responder ao Daniel Ruoso, reparei na resposta do Rui Miguel :)
>
> On Mon, 2007-01-29 at 21:42 +0000, Rui Miguel Silva Seabra wrote:
> > [1] foi giro ler no que era projectado
> > http://softwarelivre.citiap.gov.pt/ e o ent√£o presidente da UMIC,
> > Diogo Vasconcelos engasgar-se e ler softwareaberto.citiap.gov.pt
>
> Essa é boa, não a conhecia. O Diogo Vasconcelos quando veio visitar-nos
> no Porto Cidade Tecnológica disse-me que o nosso problema era sermos
> demasiado radicais e que deveríamos tentar ser mais moderados. Será
> que o termo "software livre" é visto como um conceito demasiado
> radical?
>
> Jaime
>
>
>
>
>
>
>
>
> ---------- Mensagem encaminhada ----------
> From: "Jaime E. Villate" <villate  fe.up.pt>
> To: Daniel Ruoso <daniel  ruoso.com>
> Date: Tue, 30 Jan 2007 10:20:56 +0000
> Subject: Re: [ANSOL-geral] Chegando agora e: "Código Aberto" ou "Software
> Livre"?
> On Mon, 2007-01-29 at 16:17 +0000, Daniel Ruoso wrote:
> > Só para dizer um olá. Cheguei do Brasil há uns 6 meses e sou mais uma
> > m√£o para empurrar o movimento de Software Livre em Portugal.
> Bem-vindo.
>
> > Uma coisa que eu não pude deixar de notar é que aqui em Portugal se
> > tem
> > uma tendência a utilizar o termo "Open Source" em favor de "Software
> > Livre". E deixo aqui ent√£o uma pergunta, j√° no sentido de compreender
> > como está se contruindo o movimento aqui em Portugal: A utilização
> > desse termo tem apenas o sentido de evitar a associação Livre =>
> > Gratuito? Ou acaba por estender o apoio a softwares de código aberto
> > mas com licenças não livres?
> O nosso objectivo na ANSOL é fomentar o Software Livre. Repare que os
> nossos estatutos n√£o falam nunca de "Open Source". As pessoas que
> oiço falar sobre "Open Source" muitas vezes estão a referirem-se ao
> Software Livre, mas por alguma razão que desconheço insistem em usar
> esse termo.
>
> > E aproveitando, quero passar o link de um projeto que tive o prazer de
> > rever hoje, e que conheci em 2004, quando ainda era um embri√£o.
> > http://www.stoq.com.br
> Curioso que nesse projecto, do Brasil, também dão o nome "Open Source"
> ao seu produto, mas logo a seguir dizem que é software livre :)
>
> > Aproveitando mais um pouco, tenho que fazer a pergunta: Onde que s√£o
> > as reuni√Ķes? mas digo, as que tenham cerveja envolvida (ok, vinho
> > também serve, ou agua para os nao alcoolicos :)...
> Tem feito falta alguém com espírito boémio para dar o pontapé de
> partida! Em que zona do país mora? (se estiver no Porto, conte comigo)
> Realmente é curioso que com colegas da ANSOL temos saído a beber uns
> copos em eventos no estrangeiro, mas n√£o me lembro nunca de ter feito
> isso aqui em Portugal.
>
> Cumprimentos,
> Jaime Villate
>
>
>
>
>
>
>
> ---------- Mensagem encaminhada ----------
> From: Carlos Patr√£o <cpatrao  moredata.pt>
> To: villate  fe.up.pt
> Date: Wed, 31 Jan 2007 10:24:25 +0000
> Subject: Re: [ANSOL-geral] Chegando agora e: ÔŅĹrto" ou "Software Livre"?
>
> Viva!
>
> O termo radical é um rótulo aplicado pelo poder a quem contesta, tem
> ideias novas e pretende mudança que ponha em causa a ordem ou o poder
> estabelecido. Convém não esquecer quem é o Diogo Vasconcelos e os seus
> interesses na manuten√ß√£o da situa√ß√£o em que a nossa sociedade vive. √Č
> claro que somos radicais, ou pelo menos devíamos ser, se fosse para
> ficar tudo na mesma bastavam os Diogos Vasconcelos deste mundo para nos
> governarem.
>
> Vejam ao que chegamos, para o poder e para o senso comum, radical é o
> que contesta a ordem/poder estabelecida(o) , eu pensava que o termo
> radical significava ir à raíz de um assunto (pelo menos é o que diz
> qualquer dicionário de língua portuguesa).
>
> Quem tem medo da palavra RADICAL é o poder podre que nos governa, o
> software livre é radical porque é LIVRE e a liberdade assusta os
> PODEROSOS :-)
>
> Abs.
>
>
>
> Jaime E. Villate wrote:
>
> >Viva,
> >só após responder ao Daniel Ruoso, reparei na resposta do Rui Miguel :)
> >
> >On Mon, 2007-01-29 at 21:42 +0000, Rui Miguel Silva Seabra wrote:
> >
> >
> >>[1] foi giro ler no que era projectado
> >>http://softwarelivre.citiap.gov.pt/ e o ent√£o presidente da UMIC,
> >>Diogo Vasconcelos engasgar-se e ler softwareaberto.citiap.gov.pt
> >>
> >>
> >
> >Essa é boa, não a conhecia. O Diogo Vasconcelos quando veio visitar-nos
> >no Porto Cidade Tecnológica disse-me que o nosso problema era sermos
> >demasiado radicais e que deveríamos tentar ser mais moderados. Será
> >que o termo "software livre" é visto como um conceito demasiado
> >radical?
> >
> >Jaime
> >
> >
> >
> >
> >
> >
> >------------------------------------------------------------------------
> >
> >_______________________________________________
> >Ansol-geral mailing list
> >Ansol-geral  listas.ansol.org
> >http://listas.ansol.org/mailman/listinfo/ansol-geral
> >
> >
>
>
>
>
>
>
> ---------- Mensagem encaminhada ----------
> From: Jo√£o Miguel Neves <joao  silvaneves.org>
> To: ansol-geral  listas.ansol.org
> Date: Wed, 31 Jan 2007 09:40:18 +0000
> Subject: [ANSOL-geral] Vista oferece mercados críticos ao software livre
> Algo interessante para os membros da lista. Uma análise da licença do
> Windows Vista em relação ao impacto legal (o artigo tem muito pouco a
> ver com software e está em Inglês):
>
> http://shearer.org/VistaForLawyers
>
> Na pr√°tica, isto significa que h√° mercados em que o controlo do software
> é crítico que ficam acessíveis apenas para outros sistemas operativos.
>
> Já agora, dentro da mesma lógica, uma história sobre o que acontece
> quando um governo assume uma plataforma √ļnica:
> http://www.kanai.net/weblog/archive/2007/01/26/00h53m55s
>
> Parece que a Coreia do Sul vai ter de refazer a sua plataforma
> tecnológica. A versão actual não funciona com GNU/Linux, Mac e Vista...
>
> Cumprimentos,
>                                                 Jo√£o Miguel Neves
>
> PS: o artigo est√° licenciado de forma a que tradu√ß√Ķes s√£o poss√≠veis.
>
>
>
> ---------- Mensagem encaminhada ----------
> From: Marcos Daniel Marado Torres <Marcos.Marado  sonae.com>
> To: Ruben Leote Mendes <ruben  nocturno.org>
> Date: Wed, 31 Jan 2007 11:25:25 +0000
> Subject: Re: [ANSOL-geral] A ANSOL e o DRM
> On Tue, 2007-01-30 at 18:31 +0000, Ruben Leote Mendes wrote:
> > Ol√°,
> >
> > Enquanto se configura o wiki pergunto se o domínio está definido que
> > é o "DRM-Nao.net" ou se vale a pena perder algum tempo a lançar ideias
> > de outras alternativas?
>
> Lembrei-me que seria mais interessante ter um .info ... Tipo
> DRM-nao.info ?
> --
> Marcos Marado <Marcos.Marado  sonae.com>
> Sonaecom ISP
> $ cat sig.pl
>
> ''=~('(?{'.('^)@@*@'^'.[).^`').'"'.('`@@?@~//[*;)@`//)@|'^'-).[`<@@(^^[`.@@[)^').',$/})')
> $
>
>
>
>
>
> ---------- Mensagem encaminhada ----------
> From: André Isidoro Fernandes Esteves <aife  netvisao.pt>
> To: ansol-geral  listas.ansol.org
> Date: Wed, 31 Jan 2007 11:49:24 +0000
> Subject: Re: [ANSOL-geral] Chegando agora e: ÔŅĹrto" ou "Software Livre"?
> Em Quarta, 31 de Janeiro de 2007 10:24, Carlos Patr√£o escreveu:
> > Viva!
> >
> > O termo radical é um rótulo aplicado pelo poder a quem contesta, tem
> > ideias novas e pretende mudança que ponha em causa a ordem ou o poder
> > estabelecido. Convém não esquecer quem é o Diogo Vasconcelos e os seus
> > interesses na manuten√ß√£o da situa√ß√£o em que a nossa sociedade vive. √Č
> > claro que somos radicais, ou pelo menos devíamos ser, se fosse para
> > ficar tudo na mesma bastavam os Diogos Vasconcelos deste mundo para nos
> > governarem.
> >
> > Vejam ao que chegamos, para o poder e para o senso comum, radical é o
> > que contesta a ordem/poder estabelecida(o) , eu pensava que o termo
> > radical significava ir à raíz de um assunto (pelo menos é o que diz
> > qualquer dicionário de língua portuguesa).
> >
> > Quem tem medo da palavra RADICAL é o poder podre que nos governa, o
> > software livre é radical porque é LIVRE e a liberdade assusta os
> > PODEROSOS :-)
> >
> > Abs.
> >
>
> H√° outra interpreta√ß√£o da palavra ¬ęradical¬Ľ.
>
> Radical vem da palavra latina Radix, que quer dizer raiz.
>
> Radical foi originalmente utilizado por todos os que procuram investigar
> a ¬ęraiz de um problema¬Ľ. Em termos pol√≠ticos isso significa, que a pessoa
> quem dirigiram o epiteto, procura encontrar a raiz de uma determinada
> situação, problema, estado de coisas e reconstruir a partir daí.
>
> Para quem, considera que todas as rela√ß√Ķes humanas devem ser monet√°rias, o
> software livre e a filosofia que o rodeia realmente parecem
> assustadores...
> P√Ķe as funda√ß√Ķes da sua mundiviv√™n√ßia em causa aparente.
>
> A meritocracia informal que existe num pequeno grupo de pessoas que se
> confiam
> mutuamente, é ampliada em ordens de grandeza, sendo a confiança construída
> a
> partir de uma licença, a GPL.
>
> O copyleft é um uso das cartas que muita gente não estava á espera.
>
> 1abraço<-aife
>
>
>
>
>
> _______________________________________________
> Ansol-geral mailing list
> Ansol-geral  listas.ansol.org
> http://listas.ansol.org/mailman/listinfo/ansol-geral
>
>
>
>
-------------- průxima parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: http://listas.ansol.org/pipermail/ansol-geral/attachments/20070131/cb6a2115/attachment.htm


Mais informaÁűes acerca da lista Ansol-geral